AUDIÊNCIA PÚBLICA (12/09/2017)

   

   

Aconteceu ontem dia 11 de setembro de 2017, às 18h00min, na Câmara Municipal de Afonso Cláudio, Audiência Pública sobe a construção de barragens no Rio do Peixe. Na reunião, estiveram presentes no Plenário Monsenhor Paulo de Tarso, o prefeito Edélio Guedes, os vereadores, o Secretário de Agricultura Octaciano Neto, o senador Ricardo Ferraço, e autoridades políticas de outras regiões.

No fim do mês de agosto, cinco vereadores foram até Brasília em busca de apoio para importantes obras, entre elas a construção de três barragens consideradas fundamentais para o nosso Município considerando atual crise hídrica.

Visitas técnicas ao longo do Rio do Peixe e Rio Guandu já haviam sido realizadas e três pontos indicados ao longo do Rio do Peixe foram indicados como mais viáveis para a construção das barragens, com patrocínio do Sicoob.

O promotor de justiça Valtair Lemos comentou que, ao longo dos últimos quatro anos, Afonso Cláudio sofreu muito com a falta de água. Relatou que muito se falou sobre o problema hídrico e pouco foi feito, lembrando que em 2016 o distrito de Serra Pelada praticamente ficou sem água. Disse também que no último ano a porta do Ministério Público se abriu inúmeras vezes para questões relacionadas ao problema hídrico em alguns distritos.

“Percebemos que, de forma geral, pouco foi feito e está na hora de vermos resultado. Espero que a sociedade dê sua contribuição em momentos como o qual o município está passando”, disse Valtair. Ainda se referindo às barragens, ele lembrou que todos devem contribuir para uma escolha técnica, e não política e afirmou que estará à disposição para se juntar ao povo na busca de soluções para o problema hídrico, desde que as decisões agradem a todos.

O secretário Octaciano Neto considerou proveitosa a primeira reunião com a sociedade, mas ainda existem entendimentos com a população e com os proprietários dos terrenos onde as barragens devem ocorrer. “Estamos adiantando um projeto importante para o município e voltaremos para os passos seguintes. A coisa funciona assim mesmo, mas tenho certeza que não haverá problemas para seguirmos adiante com o projeto, assim como foi feito em Santa Teresa”, lembrou Octaciano.

Assista na íntegra, clicando no link abaixo: 

https://www.youtube.com/watch?v=qrxzSH3APt8&t=1s