OUTUBRO ROSA (02/10/2017)

Você provavelmente já ouviu falar no Outubro Rosa ou já viu prédios e monumentos - como o Congresso Nacional, o Jardim Botânico e o Cristo Redentor - ganharem uma iluminação especial neste tom. A campanha, que chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama), visa divulgar a importância da prevenção do câncer de mama através de diversas iniciativas.

 

No Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres - são mais de 57 mil novos casos estimados no Brasil ainda em 2014. A idade ainda é um dos principais fatores de risco: quatro em cada cinco pacientes têm mais de 50 anos. O diagnóstico precoce da doença é o primeiro e mais importante passo para a cura. Neste ano, a campanha terá uma série de atividades espalhadas pelo país. Selecionamos algumas para você também participar e se informar mais sobre a doença.

 

Entre elas, está o lançamento da rede social "Coneccte", projeto idealizado pelo Instituto de Oncologia Santa Paula (IOSP) com o objetivo de promover o diálogo direto entre pacientes com câncer. Para participar, basta entrar no site e preencher o formulário com as suas informações básicas - ou entrar diretamente pelo Facebook. Os usuários podem trocar com outros suas experiências. Haverá uma festa para marcar o início da rede no dia 21 de outubro, no IOSP, com presença de personalidades que venceram o câncer (como o ator Herson Capri, a jornalista Joyce Pascowitch, as blogueiras Flavia Flores e Re Vittorato). Quem quiser comparecer precisa ligar no hospital (tel. 11 30408200) e colocar seu nome em uma lista - os convites são limitados. Na abertura será inaugurada, ainda, a exposição "Super Humanos", com fotos de 12 pacientes em tratamento que contam suas histórias.

 

E o Instituto Se Toque, que atua na promoção da saúde da mulher, com foco no câncer de mama, está fazendo uma mobilização online por meio da hashtag #HistóriasdeSuperação. Durante todo o mês ele compartilhará com os internautas em suas redes sociais histórias de mulheres que venceram o câncer de mama.